Declaração de exoneração de responsabilidade

Sempre que pesquisa uma notificação na internet, é-lhe mostrada uma declaração de exoneração de responsabilidade. Para visualizar notificações individuais, tem de confirmar que leu e compreendeu a declaração de exoneração de responsabilidade.

A declaração de exoneração de responsabilidade contém as seguintes informações:

  • As informações incluídas neste sítio da internet não refletem qualquer confirmação de uma potencial relação entre o medicamento e o(s) efeito(s) observado(s).
  • As informações incluídas neste sítio da internet referem-se a suspeitas de associações que refletem as observações e pareceres do notificador. Uma avaliação científica relativa a uma relação causa-efeito entre um medicamento e um efeito faz parte da monitorização contínua dos benefícios e riscos do medicamento; a avaliação tem em conta muitos outros fatores, tais como a patologia e os antecedentes clínicos do doente.
  • As informações podem incluir efeitos secundários conhecidos já enumerados no Resumo das Características do Medicamento (RCM) e no Folheto Informativo.
  • O número de efeitos secundários suspeitos incluídos na EudraVigilance não deve servir de base para determinar a probabilidade de ocorrência de um efeito secundário. Isso acontece porque os números devem ser contextualizados considerando outros fatores, tais como o número de pessoas que tomam o medicamento e há quanto tempo este se encontra disponível no mercado.
  • Cada caso individual na EudraVigilance refere-se geralmente a um único doente; contudo, é possível que tenham sido notificados mais do que um efeito secundário numa notificação. Por conseguinte, o número de efeitos secundários não será sempre igual ao número de casos individuais.
  • As notificações de efeitos secundários na EudraVigilance não representam todas as informações disponíveis relativas aos benefícios e riscos dos medicamentos e não devem ser utilizadas de forma isolada para a tomada de decisões relativamente ao regime de tratamento dos doentes; devem ser consultadas em primeiro lugar outras fontes de informação, incluindo a informação do medicamento/prescrição.
  • Os doentes e os consumidores não devem suspender ou alterar a medicação sem uma consulta prévia com um profissional de saúde.

 

 EMA
EudraVigilance